Serra Azul Notícias

Sabado, 13 de Abril de 2024
PREFEITURA DE URUAÇU
PREFEITURA DE URUAÇU

Notícias Educação

Porangatu e outras duas cidades goianas serão beneficiadas com Campi do Instituto Federal de Educação

Novidade foi anunciada nesta terça-feira (12) pelo presidente Lula. Investimento faz parte do Novo Programa de Aceleração do Crescimento (Novo PAC).

Porangatu e outras duas cidades goianas serão beneficiadas com Campi do Instituto Federal de Educação
Imagem: reprodução
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Porangatu será uma das três cidades contempladas com novo campi do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia em Goiás. Os outros municípios beneficiados são Cavalcante e Quirinópolis. A novidade foi anunciada pelo pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva nesta terça-feira (12), em Brasília (DF).

O investimento estimado para construção das novas unidades é de R$ 75 milhões. Devem ser geradas 4.200 vagas. Atualmente, o estado possui 28 unidades integradas à Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica.

Investimentos do Governo Federal:

Leia Também:

Os 100 novos campi serão distribuídos pelo Brasil, gerando 140 mil novas vagas, majoritariamente de cursos técnicos integrados ao ensino médio. 

Por meio do Novo Programa de Aceleração do Crescimento (Novo PAC), serão investidos R$ 3,9 bilhões, sendo R$ 2,5 bi para a criação dos novos campi e R$ 1,4 bi para a consolidação de unidades dos IFs já existentes, com a construção de refeitórios estudantis, ginásios, bibliotecas, salas de aula e aquisição de equipamentos.

A iniciativa envolve o Ministério da Educação (MEC), a Casa Civil, o Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) e o Ministério do Planejamento e Orçamento (MPO).  

O objetivo da nova expansão é aumentar a oferta de vagas na Educação Profissional e Tecnológica (EPT), criando oportunidades para jovens e adultos.

A construção de novos campi nos municípios impacta o setor da construção civil, o que gera emprego e renda. As novas escolas, quando estiverem em funcionamento, serão indutoras de desenvolvimento local e regional.    

O programa de expansão dos IFs marca a retomada de investimentos na criação de novas unidades no Brasil, quase dez anos após a última expansão estruturada da Rede Federal.

 

 

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!